Início 

MAGAZINE PARAIBANA

 
   

 

 
     
 

Entrevista

 

 
 

Rodrigo "Granola" Nunes Alves

32 anos

  18/03/1975

8 Anos de Jiu-Jitsu

 

 

 

             

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Açaîlândia Esportes: Como vc conheceu e começou a praticar o jiu-jitsu?

Rodrigo Granola: Eu comecei no jiu-jitsu em 1999 com o Prfº urso branco, conheci através dos campeonatos do WFC que

passava na sport-tv e fiquei impressionado com um magrinho de 1.73 e 70 meu peso e altura na época

ganhando de caras mas altos e mas pesados que ele , fiquei louco e falei tenho que aprender jiu-jitsu,

este cara era o grande Royce Gracie.

 

Açaîlândia Esportes: Rodrigo, hoje vc tem uma academia?

Rodrigo Granola: Tenho um centro de treinamento onde treinamos jiu-jitsu muay thay e vale tudo com uma filial em

Estreito-MA e Dom Elizeu -PA ,chamado Granola jiu-jitsu Team de onde saem os campeões dos jogos

escolares maranhenses e dos eventos de vale tudo.

 

Açaîlândia Esportes: Qual os seus títulos e da sua academia?e qual a que significa muito pra vc e sua academia?

Rodrigo Granola: Olha meu maior titulo e campeão maranhense de vale tudo na categoria ate 75 kg em 2005 , mas tem

campeão sul maranhense de vale tudo de 2007,vice campeão Paraense de jiu-jitsu, minha equipe já

ficou em terceiro lugar por equipes no campeonato maranhense de jiu-jitsu, e somos os maiores

conquistadores de medalhas de ouro nos jogos escolares maranhenses para Açailândia.

 

Açaîlândia Esportes: Alguma vez ja precisou usar o jiu-jitsu fora dos tatames?

Rodrigo Granola: O jiu-jitsu como toda arte marcial e um esporte mas e uma luta, mas se minha vida depender de minha

reação pode ter certeza que usarei, mas ate hoje nunca precisei usar, pois acho que melhor que um soco

e uma mente articulada.

 

Açaîlândia Esportes: O que acha sobre a afirmação  de que a arte marcial incentiva a violência?

Rodrigo Granola: Não tem nada haver você pega um individuo que já nasceu pré disposto a ser mal, e lhe ensina arte

marcial ai você estará dando uma arma pra lê usar contra os leigos e ai não foi a arte marcial que o fez

ser mal, seria como dizer que os filmes de brigas e tiros incentivam este tipo de coisa, traficantes

trocam tiro com a policia por causa de drogas e dinheiro não por que viram em filmes.  

 

Açaîlândia Esportes: Quantas horas vc treina por dia?

Rodrigo Granola: O Jiu-jitsu de kimono são 3 e mas as de vale tudo e submission são mas 3, seis horas por dia.

 

Açaîlândia Esportes: Como vc concilia seu trabalho  com treinamento e competições?

Rodrigo Granola: Não e fácil mas meu trabalho não me desgasta fisicamente e minhas folgas são boas , com isto ate hoje

tenho me virado bem rsrsrsrs.

 

Açaîlândia Esportes: O que esta faltando pra jiu-jitsu ser mais divulgado e ter mais competições? e o apoio publico?

Rodrigo Granola: Olha ate que apoio do povo como costumo dizer temos se vc  for em uma competição em Estreito vc vai

ficar surpreso, para divulgação só precisamos que os empresários vejam que se nos patrocinar assim

como outros esportes ele pode deduzir no imposto de renda pela lei nº11.438,de 29 de dezembro de 2006,

e as competições aqui em açailândia somos realizadores do maior campeonato de submission do mara-

nhão o sul maranhense de submission.

 

Açaîlândia Esportes: E o apoio do poder publico da cidade tem apoiado?

Rodrigo Granola: Tem , mais acho que ainda pode fazer melhor , pois querendo ou não somos o maior representante de

Açailândia dentro e fora de nosso estado,ganhamos no estado do Pará,como no Piauí e também Tocan-

tins  e este ano será eu representando Açailândia no Rio de Janeiro no campeonato brasileiro de jiu-jitsu

e quero ganhar e deixar Açailândia na mídia nacional.

 

Açaîlândia Esportes: O que significa o jiu-jitsu em sua vida? e sua mensagem aos atletas de jiu-jitsu e admiradores ?

Rodrigo Granola: Olha se não fosse o jiu-jitsu em minha vida seria vazia eu seria um corpo sem alma, por que com ele

hoje sou conhecido sem ele você não estaria me entrevistado agora por que quem eu seria,aos atletas

do jiu-jitsu treinem pois em algum lugar há alguém treinando forte para vencê-lo, aos admiradores o

brigado pela confiança e respeito pelo jiu-jitsu, e a vocês desta grande idéia que é o site www.acailandia

esportes.com.br, que vem mostrar a cara do esporte açailandense. Saúde e Paz pra todos.

 

Açaîlândia Esportes: Rodrigo, valeu pela entrevista, e nos do Açailândia Esportes torcemos para novas conquistas.

 

PÁGINA JIU-JITSU

 

Direitos reservados a  Açailândia Esportes